Quarta-feira, 13 de Fevereiro de 2013

Let's twist again (like we did last [hot] summer)

Existe uma dimensão festiva e adolescente na gestão da corrente crise no capitalismo que é tão evidente que os comentadores e teóricos parecem não sentir necessidade de trabalhar sobre ela. À parte alguns sisudos e circunspectos, que volta e meia acusam o governo de ser um bando de gaiatos que andam a brincar com a vida das pessoas, o tom geral é de grande seriedade (a maior parte das vezes encenada ou simulada) na abordagem especializada aos assuntos económicos e financeiros, em si mesmos algo tão louco e alucinogénico que é difícil compreender como é que pessoas que parecem estar imersos neles não se escangalham a rir de cada vez que calha irem à televisão destilar sobre isso, dando largas à bebedeira. Mas existe mesmo uma festa em curso. Um verdadeiro arraial reaccionário, em que governo, ideólogos, capitalistas e representantes das instituições internacionais fazem o que (e como) lhes apetece, tendo o cuidado, como é evidente, de colocar uma máscara de inquietação quando falam em público: essa é a parte carnavalesca da pandega. Como é evidente, a festa destes gajos não tem graça nenhuma vista cá debaixo, não só porque se estão a divertir à nossa conta, mas também porque não sabem, nem podem, brincar sem nos foderem as vidas. Assim, a festa é uma cena exclusiva, macabra e lúgubre que - apesar da forma reiterada e vigorosa com que o pessoal diz “vão mas é brincar com o caralho!” - continua. Mas isto não tem que ser sempre assim. Quando invadirmos os salões de festas; quando organizarmos as nossas próprias festanças; quando nos começarmos a divertir à grande, as classes dominantes tremerão.
Quem dança por último dança mais fixe danças mais fixes.

 

engatilhado por Semeador de Favas às 23:22
link do post | deposite aqui a sua esmola | adoptar este post
|
esmolas:
De Anónimo a 18 de Fevereiro de 2013 às 13:13
GRANDE BLOG
De Anónimo a 18 de Fevereiro de 2013 às 13:22
VENHAM ATÉ LISBOA AJUDAR A ACENDER O BRASEIRO, CÁ NOS ARRANJAMOS !

DA BRANDOA COM AMOR

aRTAUD
De Semeador de Favas a 18 de Fevereiro de 2013 às 21:42
As malas estao sempre feitas. Um abraço.

Comentar post

.Nós

.Memorabilia

. Junho 2013

. Maio 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

.Engrenagens

.Poltergeist

. Sentimento Objectivo de E...

. O Silêncio dos Inocentes

. C'era una volta il Italia...

. Troika Punks Fuck Off / R...

. Let's twist again (like w...

. Vamoláver sagente sentend...

. Solidariedade (Palavra à ...

. “fo(le)go” .T...

. O “bicho-troika” demonst...

. De como se auto-decapitar...

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar nesta espelunca

 

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds