Quinta-feira, 6 de Maio de 2010

Projecto para reabilitação de Pedro Lapa, ex-director do MNAC (Museu Nacional de Arte Contemporãnea) aka Museu do Chiado.


Por muito graves que sejam os crimes reaccionários -tanto faz que neste caso estejamos perante alguém acusado de privilegiar a arte contemporânea em detrimento do espólio da arte do século XIX - cometidos pelos dirigentes da cultura institucional, nada impede que (quando caídos em desgraça, quer dizer, quando os burocratas que decidem sobre o seu destino enquanto especialistas os saneiam das suas funções por quaisquer razões objectivamente vedadas ao nosso fraco discernimento) os convidemos - passado o necessário período de reflexão e nojo - a juntarem-se às fileiras da clandestinidade artística, onde os seus conhecimentos científicos e técnicos podem recuperar ainda todo o fulgor das coisas destinadas a dotar a sociedade de armas de transformação do quotidiano.
Temos ainda a declarar que, no que a esta reabilitação diz respeito, o reabilitado está isento de qualquer tipo de penitência, praxe ou exercício humilhante de autocrítica, desde que se comprometa a divertir-se à brava no exercício das suas novas tarefas; que o libertam em absoluto de qualquer (en)cargo - dirigente ou dirigido - e do fardo pessoal de ser um duplo alvo (a abater tanto «pelos de baixo» quanto «pelos de cima») e o colocam exclusivamente sob a mira telescópica e, por enquanto, extraordinariamente selectiva da liberdade.
De resto, nada nos impede de reconhecer no homem grande talento e capacidade na gestão das coisas da arte, e dos produtos do espírito em geral, assim como obra feita nas suas anteriores encarnações e missões na esfera da cultura separada.
Estamos contudo cientes da dificuldade existente em superar o maior dos obstáculos que se erguem contra esta iniciativa, que é o seguinte: as relações estreitas do candidato com o grande capital, nomeadamente do seu papel na construção da colecção da Elipse Foundation, de João Rendeiro e do BPP. Mas até esta aparentemente insolúvel mácula pode ser facilmente extraída com uma virada súbita do pico ao prego, isto é, quando o conhecimento adquirido ao longo dessa experiência traumática puder ser posto ao serviço da sabotagem do culto da mercadoria. Por outro lado, sabemos bem das dificuldades (e das tentações) por que passam os iniciados nos mistérios da arte e a quantas capitulações estão obrigados pelas contas da sobrevivência: por este lado, admitimo-nos completamente solidários e defendemo-nos (de qualquer eventual acusação de excesso de indulgência da nossa parte) com o argumento indestrutível de não guardarmos cartuchos de rancor dentro da nossa espingardeira - principalmente quando está em jogo a reinserção de alguém potencialmente tão valioso.

- Anda daí, camarada Pedro!

 

«Se a culpa não é dos artistas, que não é, alguma outra coisa está a falhar aqui.»

(Papa Lerdo deverá dedicar-se agora à subversão),

folha de jornal retocada a acrílico,

2010.

 

 

«É um assunto que me ultrapassa. Não foi uma decisão minha.»

(ou o êxtase de Papa Lerdo),

folha de jornal retocada a acrílico,

2010.

 

P.S: «Papa Lerdo» é simplesmente uma sujestão - furjada através da desconstrução anagramática do nome «Pedro Lapa» - para nom de guerre de Pedro Lapa, caso este projecto seja aprovado por todas as partes interessadas, e não tem qualquer intenção maliciosa ou pejorativa no que à personalidade em questão diz respeito.

engatilhado por Semeador de Favas às 15:01
link do post | deposite aqui a sua esmola | adoptar este post
|

.Nós

.Memorabilia

. Junho 2013

. Maio 2013

. Fevereiro 2013

. Dezembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Novembro 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Janeiro 2009

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

.Engrenagens

.Poltergeist

. Sentimento Objectivo de E...

. O Silêncio dos Inocentes

. C'era una volta il Italia...

. Troika Punks Fuck Off / R...

. Let's twist again (like w...

. Vamoláver sagente sentend...

. Solidariedade (Palavra à ...

. “fo(le)go” .T...

. O “bicho-troika” demonst...

. De como se auto-decapitar...

.Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.pesquisar nesta espelunca

 

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds